Publicidade
Esportes Tênis

Copa Thomás Engel define seus vencedores e tem destaque feminino

Leticia Fonseca, de apenas 15 anos, foi a campeã na Primeira Classe

Publicado em: 12.10.2020 às 19:50 Última atualização: 12.10.2020 às 19:52

Leticia Fonseca, de 15 anos, venceu na 1ª Classe Feminina na Copa Thomás Engel Foto: Cleon Medeiros/Alec
A segunda-feira (12) de calor e sol abrilhantou ainda mais as finais da Copa Thomás Engel, disputadas nas quadras da Sociedade Ginástica Novo Hamburgo (SGNH). A competição definiu seus vencedores após um final de semana intenso com partidas de alto nível nas quadras da SGNH, Sociedade Aliança e São Leopoldo Tênis Clube. O torneio, que é apresentado pela Ferramentas Gedore do Brasil e que também conta com o Patrocínio da Sintemais, com financiamento do o Governo do Estado, por meio da Lei de Incentivo e Fundo – Pró-Esporte RS da Secretaria do Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul, é um dos principais do Rio Grande do Sul.

Um dos principais destaque foi a atleta Leticia Fonseca, de 15 anos, do clube Recreio Cruzeiro, de Caxias do Sul, que na decisão da Primeira Classe Feminina, venceu Julia Bordignon por 6/4 e 6/3, mostrando a força do tênis feminino na competição. Na Primeira Classe Masculina, Yuri Radomsky mais uma vez se sagrou campeão, batendo Nicolas Cavalheiro na decisão por 7/6 (4), 4/6, (10/8).

Leticia Fonseca, que venceu a decisão da Primeira Classe Feminina com propriedade, elogiou a estrutura do torneio e a premiação dada para as mulheres nesta edição. "Foi um torneio muito legal de participar. Já disputo a Copa Thomás Engel há algum tempo. Em 2018 venci na categoria 14 anos, e no ano passado perdi na semifinal da Primeira Classe. É muito especial fazer parte da competição, até porque acho que foi um dos campeonatos que mais teve mulheres inscritas no Estado, com um número expressivo de meninas participando. Sou muito grata por conseguir este título, tendo um bom nível de tênis durante todo o fim de semana. A premiação precisa ser destacada porque foi a que mais se aproximou com a dos homens. Achei muito legal a iniciativa de incentivar o tênis feminino, com premiação maior, para que mais meninas se inscrevessem", comemorou Leticia.

Henrique Engel, organizador da competição, vibrou com a qualidade do torneio e projetou uma edição ainda mais forte em 2021. "Temos que ressaltar que fizemos um torneio de tênis em duas semanas, devido à liberação para a realização por parte das entidades devido a pandemia, então o resultado foi maravilhoso. Tivemos um fim de semana espetacular com o tempo ajudando e embelezando ainda mais o torneio. Vamos nos preparar agora para que em 2021 possamos fazer um torneio ainda mais forte!"

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.